Ate o talo na xoxota da vadia

58 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

58 seg

Categoria:

Tag:

Ate o talo na xoxota da vadia

Ate o talo na xoxota da vadia

fui mi arruma q ja tava quaser na hora da festa. A Amanda acelerou sua chupada, e de repente a Patrícia sentiu um fogo intenso queimar-lhe, desde a sua xoxota, subindo para o seu ventre, passando quente pelo seu estômago e em como uma bola incandescente a queimar-lhe as entranhas lhe trouxe o mais intenso dos orgasmos atingidos naquela noite.

A amizade entre as três se fortaleceu ainda mais e agora, doze anos depois destes acontecimentos, Marta, Marlene e Marcela, formadas em cursos superiores e exercendo suas respectivas profissões, vivem juntas num amplo apartamento, praticando, felizes o amor que as une, agora fisicamente.

Primeiro ele, depois as meninas, ligaram para as respectivas casas, tendo tido o cuidado de avisar em suas casas que estavam saindo apenas naquela hora rumo a São Paulo, e que portanto parariam para dormir no caminho, devendo chegar em casa na segunda pela manhã. – Socorro!– O que estava de pé, sendo chupado, gozou em minha boca e o outro gozou na minha perereca.

Ela estava de roupão, quando chegou expliquei pra ele que era uma receja em cima de um dos lábios, ele deu um sorriso de malandro, meio sem graça, entao sugeri que ela deitasse na cama e chamei ele, que ficou sentado ao pe na cama com um banquinho.

Colocam o pneu e seguimos para casa. Ela gemia e gritava, alcancei o controle-remoto do som e aumentei o volume, então disse em seu ouvido: Pode gritar sua vadiazinha, vagabunda, safada.

Fomos a um motel, coloquei ela de 4 e fui conferir o serviço bem feito do macho da minha cadela, a buceta toda lambuzada e vermelha, ela contando q gemeu gostoso quando ele soco o pau todinho na buceta dela e rebolou muito ate ele não aguentar e ela pediu pra gozar na boca e engolir toda a porra, e ele obediente encheu a boquinha dela. QUEM VEM PARA O JANTAR? POR QUE DOIS PRATOS? au au desculpe-me a ousadia, achei que poderia sentar-me a mesa contigo para essa refeição.

Noutra altura em que estavavamos sem o Carlos comentei que a Lurdes fazia sexo anal com aquela “tora”, e acrescentei que a Cristina nem com a minha (que era a mais pequena de todos) queria experimentar.