Brasileirinha Mostrando A Buceta Pela Cam

11 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

11 seg

Categoria:

Tag: , ,

Brasileirinha Mostrando A Buceta Pela Cam

Brasileirinha Mostrando A Buceta Pela Cam

Ele disse que teria cuidado e botou a cabeçona na entrada da buceta e foi empurrando devagar ele estava tensa ao sentir aquela vara invadir sua xoxota.

Dizendo isso, enfiei um dos dedos bem fundo na minha menininha levada e dei para o meu pintor chupar. Perguntando; Tudo bem por ai?Tudo em ordem. Na praia depois de pegar um sol, ela foi na água para se molhar, voltou para areia com aquele biquíni todo transparente mostrando sua vulva que é toda depilada.

Isa segurava com força os cabelos da tia, esfregava seu rosto na sua buceta e fechava os olhos. Passando os 20 minutos meu ex chegou.

rnMeu sogro ficava dentro da piscina e eu continuava deitada na esteira me bronzeando e de vez em quando percebia o olhar dele em todo meu corpo. Carlos parou um segundo olhou para trás e me encarou indagativo.

E eu tirei, fiquei só de calcinha e continuei errando de propósito, então ele sugeriu que eu devia ficar pelada.

Perguntei: o KY também? Daí ele disse que não.

Ela retribuiu, me mandou ficar de pé, abriu lentamente o meu zíper.

Ela era virgem!Eu enfiei minha lingua o mais profundo que pude ela gritou de tanto que gozou, eu bati tão forte na bunda dela que ficou minha mão tatuada na bunda dela hahahah. Jobson,perguntou: Qual sua proposta? E Seu Manoel falou são duas propostas,se não aceitarem as duas não tem mais negociação;ou aceitam as duas ou nada feito. Os dias foram passando e até que gostava de me sentar perto dos garotos mais velhos, não entendi todas as coisas que eles falavam, mas eu gostava e até sentia um tesãozinho. Ideia vai ideia vem, falei para ela que estava com saudades e se a gente não podia se ver, e um belo dia ela estava perto do meu serviço e me deu uma carona até em casa, no caminho o papo começou a esquentar, ela me dizer.

Seu pau entrando e saindo da minha buceta, cada vez mais rápido e forte.

Eu: – Quero dar na boléia, meu sonho.