Gozando a metade dentro

3 min

Categoria:

Tag:

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Gozando a metade dentro

Gozando a metade dentro

Senti um misto de dor e prazer inexplicável, quando ele deu mais estocada mas forte com a dor soltei um grito e enfiei minhas unhas em suas costas daí ele já estava dentro de mim totalmente, ele começou um vai e vem bem devagar e seus suspiros viraram gemidos ele posicionou sua boca e meu ouvido e seus gemidos foram ficando mais forte, eu não tinha mas dor comecei e sentir uma sensação nova e maravilhosa nossos corpos apesar da diferença de tamanho se encaixaram perfeitamente ficamos desse jeito por alguns minutos até que ele ergueu seu corpo passou a estocar mas rápido e me olhar nos olhos com um gemido rouco ele estremeceu e gozou ele tremia deitou sobre mim deu pra sentir seu coração batendo descompassado, nus beijamos até que voltei a mim e lembrei que não tinha avisado minha irmã onde estaria não tinha dado conta do tempo já passava das 16h eu estava ferrada no meio de risadas e gritos de “ to ferrada ” nos vestimos e ele me deixou na esquina de casa.

Senti aquele calorzinho que dá na hora da paquera, o clima entre nós tava claro, mas eu não tinha pretensões de ter um envolvimento amoroso com alguém que acabara de conhecer e que deveria cantar a metade das mulheres sozinhas que entravam naquele táxi, então decidi entrar no clima e dar corda sem me preoucupar muito com os resultados, ou com a imagem que ia passar. No começo a Bruna até que aceitou, mas quando eu forcei o pau dentro daquele buraquinho ela soltou um berro e escapuliu.

Lambi um tempo,ela mexeu, ficou molhadinha e começou a gemer roncando eu quase gozando quando ela deu um ronco estranho e acordou bêbada com voz mole:”Vem, amor!”…eu estranhei e subi p/ mamar o peitão,mas ela diz:”É você?Eu ainda to aqui?”.

Nunca nesses 6 anos de casados tínhamos ficado tanto tempo longe um do outro, e isso a princípio me deixou MT assustada, afinal sempre fomos MT ligados.