Grava um vídeo pornô caseiro novinha excepcional transando com amigos sem camisinha colega da escola bem – escândalo

1 min 36 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

1 min 36 seg

Categoria:

Tag: ,

Grava um vídeo pornô caseiro novinha excepcional transando com amigos sem camisinha colega da escola bem – escândalo

Grava um vídeo pornô caseiro novinha excepcional transando com amigos sem camisinha colega da escola bem – escândalo

Voltei a pensar no que tinha visto e aquela imagem da figura feminina ali deitada bem perto de mim ficou gravada na minha mente a ferro e fogo. br beijosNessa hora, meu pau ficou duro, aliás, já estava duro, então, começei a massagear o saco dele, que ficava pegando nos peitos de minha mulher…em certa hora, ele pediu que ela o chupasse, que ele ia gozar…ela pôs o pau dele na boca e eu fiquei massageando até que ele gozou na boca dela…um super jato de porra…O fato e que sou muito bem casado, adoro minha esposa e a mais ou menos 6 anos tenho a fatasia de ve-la transando com outro, não que nao goste dela, muito pelo contrario, acredito que este acontecimento esquentaria ainda mais nosso relacionamento que e muito bom, desta forma, sou leitor assiduo destes contos, e sempre que possivel peço para que ela leia, na esperança de despertar esta vontade nela, entretanto seu desprezo, aparente ou verdadeiro me da uma ducha de aguá fria.

já pensando que felipe nao iria querer me comer (como havia acontecendo), me sequei e entrei na sala de casa, coloquei um filme porno no canal em HD na televisão, e comecei a bater uma. Um tempo depois eles estavam na minha casa, pois ela precisava fazer um trabalho escolar e pediu para usar minha internet.

Abri uma das gavetas, peguei um pacote de camisinhas (não era virgem, já tinha tido duas namoradas, mas estava solteiro na época), rasguei com os dentes e fiquei com uma delas na mão. Eu falei com ela: ou você me solta ou eu faço um escândalo aqui nesta cozinha.

(escrito por Kaplan)conversa vai conversa vem , a mãe deles falou que iria pra buzios na proxima semana e perguntou quem queria ir(escrito por Kaplan)eu percebendo falei – bonitnha essa camisola viuOlá, meu nome é Victor e moro no de são Paulo, sou jovem tenho 87 anos, 1,76 m, sou magro e não sou atlético, sou gay passivo, moro com minha mãe pois meu pai se separou e foi morar no Rio de Janeiro … Tive minha primeira experiência sexual gay aos 14 anos, foi com um colega de escola, sou viciado em sexo desde meus 16 anos e vou contar como fiz para poder transar sem sentir dor. Contador taradoAmanda: Podemos ficar nós duas na cama?"Tudo começou quando eu tinha 15 anos, era viciada em vídeos pornô e em hentai (desenhos pornô japoneses)me masturbava sempre que assistia alguma dessas coisas, as vezes chegava a ver umas cinco vezes por dia, e em todas elas eu me masturbava; Então reparando em tudo isso pensei que quando eu tivesse minha primeira vez eu seria indiferente, pensei que não ligaria para com quem eu estaria fazendo, ou até mesmo quando, mas isso mudou quando eu conheci o John (fictício), viramos muito amigos, mas sem querer eu me apaixonei, já se passaram quase um ano, agora tenho 16 anos e continuamos amigos, até hoje ele não sabe que sou apaixonada por ele, mas a gente conversava tanto e todos os dias e isso só aumentava, confesso que não sou apenas apaixonada por ele, sinto uma atração sexual imensa… As vezes fazíamos sexo virtual e eu ficava louca querendo que ele estivesse comigo de verdade, me beijando, me colocando em seu colo, chupando meus seios e dando pequenos puxões em meu cabelo… Mas sabia que não iria passar disso, afinal éramos apenas amigos.

Foi então que o tamanho da encrenca veio à luz:-Tá certo papai, não seja fingido…sempre soube que você é um pegador de novinhas e agora é a minha vez.

Depois disso eu o caseiro fomos arrumar um canteiro que as aves haviam revirado todo, enquanto estava-mos ali fazendo o trabalho, chegou até a nós uma ovelha, e ficou cheirando a gente e se encostando em nós, meu sogro chegou perto e disse: eeeh alguem anda comendo essa ovelha, pra ela ficar se esfregando assim, só pode ser, e eu falei eu tambem acho, apontando pro caseiro, e caimos todos na gargalhadaTerminamos o canteiro e ficamos só eu e o caseiro ali sentados na grama conversando, e a ovelha continuava a nos rodear, eu disse a ele, passe a mão na bunda dela, pra ver a reação, se ela ficar parada é porque está no cio, não deu outra, ela chegava a abanar o rabinho de contente e não saia dali.

(escrito por Kaplan)No sábado me arrumando para ir até a casa dos meus novos amigos, optei por um vestido tomara que caia preto fui sem sutiã o vestido e meu inconsciente pediam por isso, independente da minha afirmativa que não participaria optei por uma micro calcinha preta, aquele era o protótipo do fio-dental,laterais de tiras finíssimas, um triangulo que mal cobria os meus pelos pubianos, passei meu óleo preferido, pouca maquiagem, deixei meus revoltos cachos soltos, coloquei meu salto costumeiro, esse sempre foi meu companheiro,o que me fazia ser notada, entenda a briga interna que me habitava, eu queria,mas não queria?"-Oi Jane, tudo bem?-Tudo bem.