Gravou A Transa Coroa Bucetuda Entrando Na Vara Com Marido – Escândalo

4 min

Categoria:

Tag:

visualizações

4 min

Categoria:

Tag:

Gravou A Transa Coroa Bucetuda Entrando Na Vara Com Marido – Escândalo

Gravou A Transa Coroa Bucetuda Entrando Na Vara Com Marido – Escândalo

Entrei e fui direto para o banho, quando sai de pijama ele perguntou porque estava vestido, a casa era só de macho e que lá homem não poderia estar arrumado, me virei e arriei o pijama mostrando para ele minha bunda branca, onde recebi um taba gostoso e um apertão, quando me levantei, ele me abraçou por trás e pude sentir seu pau latejando nas minhas nádegas, abri um pouco a perna e deixei ele crescer por entre minhas coxas, que sensação deliciosa, ele apertava meus peitos e beijava minha nuca, estava com a barba para fazer e ficava arrastando ela nas minhas costas, deixando-me todo arrepiado, eu empinava a bunda para sentir seus pentelhos no reguinho, ele colocou a mão na minha bunda e arregaçou, fazendo seu pau passear pelo meu rego e parava com sua cabeçona na entrada do meu cú, perguntei se ele gostava de dar linguadas no rabo e sua resposta foi um NÃO bem alto, ficou um bom tempo roçando seu volume no meu rego e depois pediu para eu chupar seu pau, pois queria gozar pois não estava aguentando, perguntei se ele queria gozar na boca ou no meu rabo? Ele perguntou se eu aguentaria sua pica no rabo, falei que tínhamos a noite toda para tentar, ele ficou mais ainda tesudo, iniciei uma mamada bem devagar e fui lambendo seu mastro, com muito carinho, ele se sentou e eu chupava, chupava, lambia suas bolas e depois tentava sentar no seu mastro, ele foi ficando cada lambida mais tremulo e dizendo que iria gozar, dei uma parada e fiquei olhando para seu pau pulsar e suas veias estufarem, coloquei uma camisinha e fui sentar no seu colo, tentei relaxar para sua pica entrar mas era em vão, fiquei de quatro com o cú virado para ele e pedi para ele tentar meter assim, ele falou que esta era a posição mais gotosa que ele achava e que sua patroa não gostava de dar pra ele assim, ele segurou minha bunda e foi tentando meter no meu rabo, relaxei e deixei ele invadir meu cú do modo que ele ia conduzindo, foi uma dor que eu suportei por amor aquela pica, antes de entrar tudo ele já estava me apertando dizendo que meu cú era apertaaaaaaado de mais e seu pau cresceu e largou um volume grande de porra, não entrou nem um terço daquele pedaço de musculo e o coroa já havia enchido a camisinha de leite, era tanto leite que escorreu pelas minhas pernas.

LA ACABOU DE PASSAR O CREME NO PAU DELE E LEVOU A MÁO COM O CREME POR TR[AS MAS DEMONSTROU EST[A TENDO DIFICULDADE PARA LUBRIFICA-LO, MENTIRA QUERIA QUE ALGUEM SE OFERECESSE PARA ESTA TAREFA, QUAL NÁO FOI SUA SURPRESA QUANDO A GAROTA MAIS JOVEM DO GRUPO SE ADIANTANDO DISSE, DEIXE QUE FA;O ISTO PARA VOCE, QUER QUE PONHA EM VOLTA OU DIRETAMENTE DENTRO DO ANUS, POE DENTRO COM O BIQUINHO VOCE SABE E SORRIU PARA A GAROTA QUE MUITO DISINIBIDA DEU A VOLTA MELISSA SE CURVOU UM PAOUCO PARA FACILITAR SUA ACÁO E A GAROTA COLOCANDO O BICO DO TUDO NO LINDO ANUS DA GAROTA FEZ UM PEQUENA PRESSÁO E UMA PARTE DO GEL PENETROU SEU CANAL PARA LUBRIFICA-LO BEM E FACILITAR A PENETRA;ÁO, O GRINGO SENTADO COM A VARA EM RISTE ESPERA SEU PREMIO, MELISSA ENTÁO VEIO PAROU DE COSTAS PARA ELE E FOI ARRIANDO A GOSTOSA BUNDA EM DIRECÁO AQUE POSTE, ELE SEGUROU O PAU E PREPAROU-SE PARA INVADIR AQUELE CUZINHO GOSTOSO, QUANDO NOVAMENTE MELISSA PEDIU A GAROTA PARA COLOCAR O PAU DO CARA NO SEU CU, FAZ ESSE FAVOR, COLOCA PRA MIM, ELA SE ABAIXOU DE FRENTE PRA GALERA SEM LIGAR QUE FICAR COM AS PERNAS ABERTAS MOSTRANDO UM LINDO PAR DE COXAS E UMA BUCETA MORENA TAMBEM MUITO BONITA PEGOU O MASTRO DO CARA E OLHANDO BEM ACERTOU A CABE;A NA ENTRADA DAQUELE CUZINHO GOSTOSO, MELISSA COME;OU FAZER PRESSÁO PARA BAIXO FAZENDO COM QUE A CABECA DESLIZASSE SEM PROBLEMA PARA DENTRO DELA, MAIS UMA VEZ PEDIU PARA QUE A MORENA A AJUDASSE, A MES ERA EXPERIENTE COLOCOU AS MA[OS SOBRE SEUS OMBROS E COME;O A FORCAR A GAROTA QUE SENTIA R3ALMENTE UMA DOR FORTE O CARA ERA MUITO GROSSO, FEZ UMA CARETA E DEU UM URRO QUANDO A GAROTA INESPERADAMENTE FEZ COM QUE O PAU ENTRASSE TODO EM SEU CUZINHO, ESTA PARA SURPRESA DA GALERA SE ABAIXOU E COME;O A LAMBER A BUCETA DA LOIRA QUE AGOERA J[A PULAVA TIRANDO E COLOCANDO A VARA NO C[U COME;OU A GEMER ALTO E A PEDIR MAIS PICA, AI QUE LOUCURA GENTE E FALA EM INGLES PARA O GRINGO FUDER MAIS MAIS MAIS, NISTO A MORENA FALOU ALGO EM SEU OUVIDO E ELA FEZ UM SINAL PARA O CARA DAR UM TEMPINHO E BALANCOU A CABECA EM SINAL DE POSITIVO, CLARO A MORENA HAVIA PERGUNTADO SE NÁO DEIXARIA SEU MARIDO FUDE-LA NA BUCETA ENQUANTO TOMAVA NO CU, FEZ SINAL PARA O MARIDO QUE PERMANECIA ASSISTINDO SUA MULHER CHUPAR AQUELA GATA ENQUANTO ESTA ERA ENRABADA POR AQUELE ENORME GARANHÁO, SUA MULHER COCHIOU ALGO EM SEU OUVIDO, TIROU SEU PAU PARA FORA E PARA ALEGRIA DA MELISSA NÁO ERA NADA NORMAL, GRANDE GROSSO E MUIO TORTO, A GAROTA COLOCOU NA BOCA CHUPOU UM POUCO E MANDOU QUE ELE SE APROXIMASSE, COLOCOU OS P[ES DA MELISSA SOBRE OS JOELOHOS DO RINGO QUE A COMIA DE FORMA QUE SUA COXAS FICARAM BEM ABERTAS E A BUCETA NUMA POSICÁO O[TIMA PRA RECEBER SEU MARIDO, NAQUELA PSICÁO O PAU ENTRARIA AT[E O SACO, COM AMÁO GUIOU O PAU COM A MÁO ESQUERDA ABRIU OS L[ABIOS MOLHADOS DA RACHA SEDENTA POR PAU ENCAIXOU ALI A CABEBECA E DEU UM TAPINHA NA BUNDA DO MARIDO QUE SE ENTERROU DE UMA S[O VEZ NAQUELA BUCETA MACIA E GULOSA, MELISSA DE UM BERRO DE PRAZER E COMECOU SEU BAILADO NOVAMENTE, AGORA COM DOIS BELOS PAUS ENTERRADOS NELA, NO AFAN DE GOZAR NÁO NOTOU QUE O CARA QUE COMIA SUA BUCETA NÁO USAVA CAMISINHA, S[O QUANDO SENTIU O CALOR DO PAU E AQUELE ALGO MAIS GOSTOSO SE DEU CONTA ERA TARDE, OS DOIS PARECEIAM DOIS TOUROS BRAVOS CADA UM CAVANDO DE UM LADO MELISSA GRITAVA, REVIRAVA OS OLHOS, SEU CU J[A NÁO DOIA MAIS O PAU DESLIZAVA COM CERTA FACILIDADE, NÁO ERA A PRIMEIRA DUPLA PENETRCÁO DELA MAIS ESTA ESTAVA MUITO GOSTOSA, DE REPENTE OS DOIS HOMENS COMECARAM A DAR GEMIDOS ALTOS E COMECARAM A GOZAR AO MESMO TEMPO, MELISSA TAMBEM NÁO SE CONTEVE, E FEZ SINAL PRA MORENA PRA SEGURAR SUA BOCA POIS SABIA QUE IRIA GRITAR DE PRAZER, A MORENA SE APROXIMOU R[APIDO E ENTENDENDO O RECADO EM VEZ DA MÁO COLOU SEUS L[ABIS AO DELA NUM LONGO BEIJO O QUE TRANSFORMOU OS GRITOS DA GAROTO EM SUSPIROS ABAFADOS, MELISSA GOZOU COMO NUNCA HAVIA GOZADO, O CARA DE TR[AS HAVIA GOZADO COMO UM CAVALO E MELISSA SENTARA SOBRE SEU PAU DEIXANDO-O BEM FUNDO EM SEU CUZINHO, QUAN TONA FRENTE POR CAUSA DO L[APSO DA CAMISINHA O CARA A ENCHERA, ESTAVA UMA VERDEIRA LAGOA DE LEITE QUENTE, O MARIDO DA MORENA RETIROU O PAU AINDA DURO E MELISSA COM AR DE REPROVACAO FALOU PRA MORENA? E A CAMISINHA DEVERIA TER USADO.

quando puxei minha calça a baixo ela meio q se surpreendeu afinal ela deve ter imaginado menor, puxei ela e me sentei no corrimão afinal ela era pequena e eu precisava arrombar ela com cuidado no começo para ela nao desistir, coloquei-a sentada no meu mastro com 23 cm e 7,6mm e deixei ela rebolar devagarinho para ver se ia entrando, olhei aquele rosto ela estava de olhos fechados e notei sua cara de dor, quando tudo entrou ela me disse “nossa”, comecei a foder ela bem caprichado afinal tinha q fazer ela gostar, fiz ela ficar de pe tirei o resto da roupa e joguei ao chao para ela deitar e la mesmo bombei com força naquela bucetinha pequena e apertada, foi quando eu disse para ela que eu nunca tinha feito sexo anal afinal a maioria das mulheres recusavam( devido ao tamanho), me disse q gostaria de tentar, colquei ela meio q de quatro e tentei ir colocando devagar naquele cuzinho virgem que estava disposto para min, bom infelizmente não entrou tudo apenas a cabeça, e enseguida voltamos para o vaginal queria q ela goza-se para min porém nao deu afinal tava meio tarde em via publica e logo teria Guarda ali, bom esta foi a minha melhor transa ate hoje, voltarei outro dia contando sobre outras vezes que tive com ela, espero que tenham gostado do meu relato. deve ta vendo coisa onde nao tem”"Conclusão: meu marido fez um escandalo, queria se separar e tudo mais, porém eu confessei a ele que gosto (e muito) de dar para outros homens, que adoro sexo e que nunca seria mulher de um homem só, mas que o meu amor verdadeiro era só dele e que por isso mesmo devia ficar feliz, e por ter uma esposa putinha na cama. e nessa hora se fala muita coisa, pois torna a transa mais excitante, tireicorremos para o banheiro de deficientes e chegando lah começamos a se bjar mto e a tirar a roupa! eu naum aguentei e jah fui passando a mao todinha no corpinho dakele loirinho safadinho e ele fala va pra eu ir mais devagar mas naum aguentava pq ele eh meu amorOlá!Sou Beto moro em Taubaté tenho 34 anos,1.