Loira Tocando Na Bucetinha Pensando No Meu Pau

Loira Tocando Na Bucetinha Pensando No Meu Pau

Loira Tocando Na Bucetinha Pensando No Meu Pau

Se eu pudesse ver seus peitos, já estaria feliz.

Padre_ vamos eu quero tanto chupar você.

Quando entrou apenas a cabeça,ela deu um gemido e pediu para enfiar devagar,bem devagar,pois ela queria sentir aquela sensação sem pressa.

E eu só pensava em estudar e em nerdices.

Seus dedos ágeis tocando minha vigina e sentindo seu pinto duro em meu rego, não aguentei, fechei os olhos e gozei….

Sem jeito e gaguejando mais do que eu Isabel sentou se ao meu lado na cama.

Ouvindo isso comecei a contrair e relaxar o cu deixando ele com mais tesão ainda.

Não nos beijamos, mas ela chupou a parte de baixo dos meus lábios, chupou com força que até doeu… olhou bem nos meus olhos e disse: “Isso não acaba aqui, filho da puta”…Ela – naoooo eu fiz coco nela !!A renata irmã dele olhou pra mim e falou – ah dessa vez eu não vou,Bom, não me orgulho disso, mas assim que o trem chegou eu dei um jeito de ficar atrás dela. Eu fui pra dentro de casa e ela veio atrás e falou que eu não poderia deixar ela excitada e não terminar o trabalho, ela passou a chave na porta do quarto da nossa vovó e sentou na beirada da cama e implorou pra eu tocar na bucetinha dela pq nunca outra pessoa tocou ou qualquer coisa do tipo. Tenho 26 anos, sou noivo da Ericka que tem 22 anos e é uma garota que chama a atenção devido sua beleza, loira de seios médios, boca carnuda, bumbum grande e durinho.

Ela respondeu com um tá certo, sem muita convicção, deu uma risadinha de lado e falou que se eu mudasse de ideia ela poderia falar com Jonas, segundo ela, um homem lindo, carinhoso, bem dotado e muito bom de cama, que eu iria adorar.

Damos umas voltas ai chegamos minha prima esta na porta min esperando para nos dois darmos uma volta em outro lugar do loteamentosairmos só eu e ela andando eu fiquei pensando como seria transar com a minha prima acho ela muito gostosa linda de mais.

O pênis estava molhado, meu palpite é que ele poderia gozar ali mesmo, mas eu queria aquele gozo, aquele esperma era só meu agora. Não… Não somos lindos de morrer, mas somos apresentáveis, cultos e honestos.