Novinha Mostra Buceta Em Uber De João Pessoa Luana Kazaki

Novinha Mostra Buceta Em Uber De João Pessoa Luana Kazaki

Novinha Mostra Buceta Em Uber De João Pessoa Luana Kazaki

Gozei vários jatos em sua boca,rosto e até no seu cabelo,minha porra se juntou a de Lucas e seu rosto estava coberto com nosso leite branquinho e volumoso,ela pegava, lambia,mostrava com os dedos grudentos os filetes de porra e,ao vermos isso,ficamos sorridentes e contentes como 2 machos satisfeitos com sua fêmea.

Senti-me logo melhor assim que o massajei, e comecei a faze-lo em movimentos de trás para a frente e cada vez sabia melhor porque pensava nas pernas e na bunda da Luana.

"Eu sou a Vera e sou filha de japoneses, tenho os olhos puxados, uma pele linda e um corpo maravilhoso, sempre fui muito assediada e já recebi varias cantadas de amigos e até de parentes, eu sei que o que mais chama a atenção dos homens é a minha bunda, que é bem redondinha e arrebitada, todos dizem que sou muito gostosa, eu já tive vários namorados e hoje eu sou casada, com um rapaz bem novinho de apenas vinte e um anos, eu também sou muito novinha, mas apesar dele ser um homem novinho, ele é muito inexperiente em relação a sexo. Ela recostou-se, deu um sorriso de satisfação, como devem sorrir todas as mulheres depois de serem tão fortemente satisfeitas por um macho, e apalpou a buceta e o cuzinho. Certo dia quando voltava da escola o João me acompanhou e pediu que eu fosse na casa dele, eu disse que não podia, tinha muitas tarefas escolares para fazer.

""tudo começa quando pegamos um dia de clube, bebemos um pouco ela mari 1,67 1,15 de bunda morena cabelo lisoroupas sempre curtas, depois de tomar um banho de piscina fomos ao vestiário tomar uma ducha, ela no femininoeu no masculino, depois de lavar o corpo todo fiquei esperando por ela que estava demorandofui ao vestiario chamei ninguem respondeu, entao depois de uns 5 minutos ela disse estou saindo, entao fuiesperar na mesa, e nada voltei ao banheiro ela nao estava respondendo, tomei a coragem de entrar ja que nao haviamuitas pessoas no chuveiro, fui abrindo as portas para ver aonde ela estava, entao vi um box que estavacom o chao de borracha preto ate branco de goza de macho, todo esporrado no chao, logo imaginei que ela pudesseestar transando com alguem, passei a mao na goza,ouvi a voz dela na porta do banheiro entao fui olhar ela estava despedindode um amigo, esperei para que pudesse ouvir mais ela foi em direcao a saida, entao fui atraz dela e chamei, quando ela veio puxei elaenfiei o dedo cheio de gozo no cuzinho dela, a gostosa estava com o cuzinho todo lasciado, levou a propia goza da transa dentro do cusinhosem saber, ao chegar em casa eu disse que havia enfiado um gozo de outro macho no cuzinho dela, a xota dela escorria de tanto tesao quando falava nisso.