Novinhas Se Masturbando Batendo Siririca Mostrando Cuzinho E Solinhas

visualizações

6 min

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Novinhas Se Masturbando Batendo Siririca Mostrando Cuzinho E Solinhas

Novinhas Se Masturbando Batendo Siririca Mostrando Cuzinho E Solinhas

Resolvemos dar o ultimato final, a Nicoli ficou de quatro na minha frente, a Yasmin deitou de baixo dela e eu peguei meu Pau e comecei a esfregar o meu pau no cuzinho dela. eu estava quase gozando dentro do carro , às vezes vendo o que acontecia e às vezes só imaginando, quando ela se escondia por trás das prateleiras da loja ,e ele quase sempre andando atrás dela como um cachorrinho , ele mais uma vez falou algo pra ela , chegando bem próximo do ouvido dela , ela então fez sinal que sim e foram pro outro lado da loja no setor de cosméticos , ele foi pra dentro de outro balcão ficaram conversando um pouco , às vezes ela ria e ele falando sei lá o quê pra minha safada , devia estar falando algo que ela gostava muito pois foram mais de 20 minutos assim , e eu com o pau pra fora da calça pensando bobagem e muita safadeza , quando ele foi atrás de uma grande prateleira cheia de coisas e ela foi também , parecendo que procurava algo e ficaram alguns segundos lá atrás , aí não vi nada mas fiquei intrigado , será o que rolava lá atrás?Depois de um tempinho eles vieram pra frente da loja , ela na frente e ele atrás olhando diretamente pra bunda dela sem despistar , devia estar vendo aquela bunda gostosa se mexendo muito no vestidinho fino que ela usava , ele arrumou os produtos , fez as contas e ela pagou olhando diretamente pros olhos dele , parece que ele ficou meio tenso ou sei lá e morrendo de tesão , voltou o troco e ela saiu , dando um tchauzinho e olhando pra trás , entrou no carro e saímos ,quando ela falou :“Mas o que é isso ? pra que esse pau duro pra fora da calça seu Corninho safado???” Falei: você quase me mata de tesão , se mostrando pro rapaz daquele jeito e olha no que dá , não tem CORNO que aguente sem bater uma , quero que me conte tudo o que vocês conversaram lá dentro safadona. Fui iniciada no sexo por meu próprio pai, o Dr Delço, um advogado muito respeitado e severo mas que na verdade é um safado comedor de novinhas, nada de pedofilia, meu pai como advogado não é otário, adora uma novinha desde que maior de dezoito anos. Dei uma mordidinha na sua orelha e disse: “eu posso te proporcionar muito mais prazer do que so uma siririca… posso te chupar todinha ate vc gozar… vc quer?” Era uma grande sacanagem o que eu estava fazendo com ela! Logico que ela queria e que nao teria coragem de me pedir! Mas eu tinha que faze-la se libertar dessa prisao que ela vivia, por isso comecei uma especie de tortura… comecei a estimular, bem devagar, o seu clitoris com a ponta do dedo indicador e perguntava: “vc quer, Anne??” Como ela nao me respondia continuamos com esse ritual algum tempo.

Tirou meu biquíni e ficou me masturbando. Chegando lá fui direto pra casa de meu pai pra não da na pinta que fui atras dele, para minha surpresa ele estava lá ajudando Laura na lavoura sem camisa todo suado brilhando ao sol lindo como ele só, falei com Raimundo e Fernando meus irmãos Tereza e Maria minhas irmãs, ficamos batendo papo aí Fernando que é mais novo falou vamos na cachoeira e descemos por uma estradinha ao lado da roça Bené olhou de lado e continuou ajudando Laura a mulher de meu pai, passei e falei bom dia e eles responderam bom dia dona Laura perguntou: que milagre é esse? esta alma quer reza.